TRADUÇAO / TRANSLATE / TRADUCCIÓN

domingo, 28 de abril de 2013

28 – UMA DOMINGUEIRA BI-COMEMORATIVA


ANO
7
www.professorchassot.pro.br
EDIÇÃO
2461
O sábado caminhava ao ocaso. Não tinha assunto para a edição dominical. Vejo então que em 28 de abril conjugam-se duas muito merecidas celebrações.
A uma consagro meu cotidiano. Abstenho-me de tributar-lhe um dia. Para mim e para grande parte da humanidade cada dia é Dia da Educação. Claro que estamos pensando não apenas na Educação formal, aquela produzida na Escola. A reverência da data inclui também a pluralidade de ações que exercemos na construção de mundo mais justo para todos.
Em paralelo celebra-se uma data que merece ser reeducada. Talvez, nas redes familiares da civilização ocidental, não existe figura, mais marcada por preconceitos, que aquela que merece loas hoje. 20 de abril é o Dia da Sogra. Não conheço os tributos que se faz na tradição oriental àquela que é mãe do cônjuge. Entre nós a sogra — e não o sogro — são alvos, de maneira usual, de chiste que beiram a maledicência.
Nos pejorativos ditos populares, há uma frase que vi em para-choque de caminhão, que remete a gênese da tradição judaico-cristã que poderia ser tida como síntese dos preconceitos: “Feliz foi Adão que não teve sogra”. Talvez, em outra leitura mítica, se pudesse dizer que infeliz foi a humanidade; pois se Eva tivesse uma mãe para orienta-la é provável que não comeria a maçã. Então, hoje ainda viveríamos no paraiso.
Não vou fazer análises do porquê dos preconceitos. Pode-se dizer apenas que sogras são muito mais amadas que se imagina. Parece, também, que entre os homens, se comparado com as mulheres, o afeto pela mãe da esposa é muito maior.
Pessoalmente tenho o privilégio de ter uma sogra fabulosa. A Liba, em seus quase 92 anos de intensa vitalidade, surpreende-me há 26 anos pelas lições de vida que oferece a cada uma e cada um. Ela é mãe, sogra, avó e bisavó exemplar. É para ela minha pública homenagem hoje. Eu tenho encantos por minha sogra.
# # # #
CORREÇÃO: Na edição de ontem, cometi um equivoco, dizendo que Karuliny Taveira Maia Diretora do Parque dos Papagaios era natural do Rio Grande do Norte. Ela ao agradecer a blogada conclui: Ah, e sou cearense! Costumo dizer que agora Cearacuxi (junção de Ceará com Macuxi)” Adito: Macuxi é uma etnia indígena que é muito presente em Roraima; a língua macuxi é falada no Estado em terras indígenas.

5 comentários:

  1. Mestre !!!
    Obrigada pela agradavel viagem !!!e muito bom poder conhecer um Brasil tao difersificado pelos teus "olhares", gostei do comentario, que se o Brasil fechasse as portas, o mundo ficaria diferente....embalo o sonho de meus filhos terem oportunidades iguais aqui no Brasil, como eles tem la fora...e puderem voltar para casa..
    com admiracao
    Elzira

    ResponderExcluir
  2. Limerique

    Portanto vamos ver o que sobra
    Ao colocar consoante C em obra
    De réptil rastejante
    Talvez algo pujante
    Torna algo que rima com sogra.

    ResponderExcluir
  3. Linda homenagem as sogras. Estas são mal vistas pois na realidade são eternas guardiães de suas filhas.

    abraços

    Antonio Jorge

    ResponderExcluir
  4. Nilsa Alves de Melo28 de abril de 2013 10:56

    Mestre Chassot,

    Envio estas singelas trovas que fiz:

    Só graça, querida sogra,
    a do Céu e a da Terra.
    Graça só, em qualquer hora,
    só graça sua alma encerra.

    Quando ela meentregou
    sua jóia, sua filha,
    desde então só me encantou
    a sogra da minha vida.

    Preparei o manjar mis fino;
    a minha sogra vai chegar.
    Diante dela sou menino
    que só quer lhe agradar.

    Quando vejo uma sogra
    assim tão mãe e tão doce,
    gostaria ser sua nora
    se mulher casada eu fosse.

    ResponderExcluir
  5. Quando temos uma sogra especial, ganhamos uma segunda mãe, que além de nos permitir viver em harmonia com sua filha, ainda nos dispensa os cuidados que só recebemos de nossa genitora.

    ResponderExcluir