TRADUÇAO / TRANSLATE / TRADUCCIÓN

terça-feira, 18 de setembro de 2012

18.- HIALOTECNIA: QUE ISSO?



Ano 7*** www.professorchassot.pro.br ***Edição 2239
Na última quinta-feira, quando de minha jornada em Bagé, almoçava com vários docentes da Unipampa, quando foi referido um colega do grupo — ausente da refeição — que se diz ser ‘hialotécnico’. Eu disse que desconhecia o que fazia tal profissional.
Ante a descrição das habilidades e também dos artefatos produzidos, disse que, agora sabia o que era: vidreiro e recordei que conhecera, especialmente quando fui professor do Instituto de Química da UFRGS, vários exímios profissionais. E, então, meu imaginário retornou a oficinas de vidro, e voltei a me reencantar com a destreza de vários vidreiros que conheci.
Logo fui advertido que era de mau tom chamar de vidreiro. O correto é hialotecnista ou técnico em hialotecnia. Chamar de vidreiro é como chamar um coiffeur de barbeiro ou cirurgião de açougueiro ou carniceiro.
Lembro que nas aulas práticas de Química Geral, em 1962, com o prof. A. J. J. Wieck tive aulas de hialotecnia. Mas fui um inábil, mesmo que muito desejasse fazer uma pipeta com bulbo não consegui, tendo feito bolhas nos dedos por queimaduras e estragos no guarda-pó. Quando fui professor da disciplina levava os alunos na oficina do vidreiro.
Aprendo, para fazer esta edição que hialo (do grego húalos, -ou), pedra transparente, pedra cristalina, lente, vidro.
Hialo é elemento de composição de várias palavras que exprime a noção de vidro ou espelho (ex.: hialografia).
Hialógrafo (hialo- + -grafo) Instrumento para desenhar e tirar provas.
Hialoide: [Anatomia] Diz-se de ou membrana que encerra o humor vítreo do olho. Que tem a transparência do vidro. = HIALINO de um desenho, por meio de um espelho.
Hialino
1. Do vidro ou a ele relativo. = VÍTREO
2. Transparente (como vidro). = HIALÓIDE
3. [Geologia] Que se assemelha ao vidro e não apresenta cristais a olho nu. = VÍTREO
 Hialotecnia é o nome dado ao processo de moldagem do vidro e também considerada como a arte de fabricação de vidraria científica para laboratórios. Sua idade data dos tempos da alquimia, quando os mestres do fogo como eram chamados, tinham a habilidade de preparar o seu próprio vidro, desenvolvendo os vidros cada vez mais resistentes.
Atualmente os chamados de quartzo, ou quarzo de vidro são os mais resistentes vidros já fabricados, sua fundição supera os 2.000º C. Seguidos dos borossilicatos que são os com maiores aplicações no cotidiano científico.
 Juntos os hábeis vidreiros desenvolviam com os mais brilhantes alquimistas, as curas para os males do mundo, buscavam descobrir um elixir para a longa vida, e transformar metais em ouro.
NOTÍCIA: Lançado, há um ano, pela Editora UFMG, o livro “Hialotécnica – Arte e Vidro” apresenta, em linguagem clara, uma introdução à técnica de produzir e manusear o material. “É um livro para iniciantes que oferece os fundamentos a qualquer um que deseja efetuar um trabalho técnico”, define Celso Fonseca, autor do livro e professor do Colégio Técnico com especialização em Hialotécnica. O trabalho é o primeiro livro publicado em língua portuguesa dedicado exclusivamente a hialotecnia.
PARA CONHECER MAIS: http://magiadovidro.com.br/

10 comentários:

  1. O vidro, e a sua manufatura, que aprendo agora chamar-se hialotecnia sempre me fascinaram. Um dos mistérios que ouvi uma vez e não posso atestar sua veracidade é de que o vidro ainda é um estágio do líquido estando assim ainda em movimento sofrendo o curso da gravidade. Porém este movimento seria extremamente lento. Gostaria que o mestre Chassot nos esclarecesse esta dúvida.

    abraços

    Antonio Jorge

    ResponderExcluir
  2. Meu caro Antônio Jorge,
    muito atento comentador que torna este blogue distinguido, ver um vidrei.... digo um hialotécnico trabalhando é um fascínio.
    Bem lembrado o vidro esta em estado líquido com altíssima viscosidade. Há disto evidências experimentais que ouvi, sem nenhuma comprovação. Trago duas: 1) os vitrais de catedrais, que no inicio tem a mesma espessura e que com o passar dos séculos ficam mais finos na parte superior e mais espesso na parte inferior pelo corrimento do vidro.. 2) que fora colocado uma grande lente côncava de vidro no relógio de uma torre e que com o passar dos anos a lente adquiriu a forma de uma lagrima, pois o ‘vidro líquido’ escorreu.
    Não sei se há algo sobre o assunto.
    Uma vez mais obrigado pela ajuda,
    attico chassot

    ResponderExcluir
  3. Limerique

    A hialotecnia minha gente
    Técnica de vidro tão somente
    Cria tanta beleza
    Como fosse natureza
    Faz a vida mais transparente.

    ResponderExcluir
  4. Limerique

    Não bebo, então não estou de porre
    Mas a intuição a mim não socorre
    Endurecida água será?
    Que vazando do vitral está?
    Não, vidro é líquido que escorre.

    ResponderExcluir
  5. Que maravilha de ciência a chamada Hialotecnia. Por que será que essa cadeira não consta mais nas grades curriculares dos cursos de ciências da natureza? Adoraria produzir meu próprio balão volumétrico!

    ResponderExcluir
  6. Estou no ultimo semestre do mestrado e qria conhecer (talvez me especializar) nessa tecnica.
    Alguma sugestao de local p fazer o curso e ganhar a experiencia/habilidade?
    Grato

    ResponderExcluir
  7. http://flickrhivemind.net/flickr_hvmnd.cgi?method=GET&page=2&photo_number=50&tag_mode=all&search_type=User&originput=JO%C3%83%C2%83O%20DELFINO&sorting=Interestingness&photo_type=250&noform=t&search_domain=User&sort=Date%20Posted,%20new%20first&textinput=JO%C3%83O%20DELFINO

    ResponderExcluir
  8. Ola Delfino tudo bem. Tenho muito interesse no curso onde posso fazer/

    ResponderExcluir
  9. Ola Profesor Chassot gostaria de fazer o curso onde posso fazer no Brasil.

    ResponderExcluir
  10. Olá, tenho interesse no curso sou do RJ se alguém souber indicar me chama no what 21-972546746 desde já agradeço.
    Preciso de tubos de ensaio e já rodei tudo no RJ é não encontro ninguém que faça.
    Acabei me interessando na profissão de tantos vídeos que eu vi.

    ResponderExcluir