TRADUÇAO / TRANSLATE / TRADUCCIÓN

domingo, 16 de maio de 2010

16* Educação: há instituições sérias e há picaretas


Porto Alegre Ano 4 # 1382

O domingo, mesmo noite cerrada, se anuncia bonito. Chegamos àquele que os tempos pós-moderno transformaram de ‘Dia do Senhor’ em um esperado ‘dia de lazer’; palavra que só foi conhecida quando os tempos modernos eram mais que bicentenários.

Cumpro o propósito de nesse dia postar edições curtas e de preferência mais amenas. Antes, permito-me, dois registros concernentes à edição de ontem.

Uma alegria que este blogue teve de receber um comentário da filósofa argentina Esther Díaz. Ela destaca o quanto foi bom estar com a Gelsa e comigo. Uma e outro repetimos que o privilégio foi, no mínimo, recíproco.

Paralelo à dica de leitura acerca da Guerra Civil Espanha houve a destituição do muito conhecido e admirado juiz Baltasar Garzón dos processos que examinam os crimes cometidos pelo franquismo. Isso comove a muitos. Pretendo comentar o momentoso o assunto talvez amanhã.

É da cotidianidade vermos instituições de ensino se esboroarem. E, lamentamos que usualmente sejam aquelas tradicionais que se esvaem. O Ensino foi feito mercadoria. É disponibilizado como se vende conserto de pneus ou massagens. Como em quase todos os ramos há instituições sérias e há as picaretas. E estas são predadoras, pois demolem aquelas.

Veja que o assunto dominical não é ameno como prometido. Mas, ele se faz pícaro com a sátira que está em http://www.youtube.com/watch?v=xWHyUjAzksQ

Com votos de um bom domingo desejo as melhores alegrias a cada uma e cada um. Sonho que o vídeo apresentado fique apenas como um discurso maledicente ou uma crítica rigorosa.


video

4 comentários:

  1. Bom dia Professor!
    Só tenho a dizer duas palavrinhas:"Tô beje!"
    Rsssss!
    Esse vídeo enuncia muuuuuito bem a que ponto chegamos no Ensino aqui no Brasil.
    O senhor fez uma analogia a consertos de pneus ou massagens, eu costumo dizer que Faculdade hoje em dia parece aquelas lojinhas de R$1,99 , toda esquina tem uma!
    Agora, com relação a qualidade do ensino...como diria "Copélia": "Prefiro não comentar!"
    Um bom domingo, mestre!

    ResponderExcluir
  2. Muito estimada colega Thaiza,
    muito bem posta a tua analogia das ‘Unixpto’ que pululam a cada esquina como as lojinhas de 1,99.
    Só não sei o significado da gíria em goianês: :"Tô beje!".
    Um bom domingo – que aqui se fez com neblina e úmido – e obrigado por teu comentário.
    attico chassot

    ResponderExcluir
  3. ihiihihihihi!
    O "Tô beje!" é algo como ficar pasma, embasbacada, e por aí vai!
    Rssss!
    =D

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigado querida Thaiza,
    por traduzires esse goianês.
    Com estima e admiração
    attico chassot

    ResponderExcluir