TRADUÇAO / TRANSLATE / TRADUCCIÓN

segunda-feira, 27 de maio de 2013

23.- DAS ALEGRIAS DE SER PROFESSOR.


ANO
7
www.professorchassot.pro.br Uma edição extra
EDIÇÃO
2479

Quando, há duas semanas, anunciava aqui a alteração da frequência deste blogue de diário para semanal, não se excluía possibilidade de edições extras. Hoje se tece a primeira.
Há uma semana — como contei na edição anterior — vivi uma experiência saborosa: a convite do professor Guy B. Barcellos fui, mais uma vez, ao Instituto Estadual de Educação Paulo da Gama. Desta vez para conversar sobre Ciências para quatro turmas de 7º e 8º anos do ensino fundamental (a maioria já nascidos no século 21). Algo significativo: as mesmas discussões que faço com pesquisadores e professores trouxe para eles.
Neste sábado recebi um retorno de minha passagem pelo Paulo da Gama. Um excerto do que escreveu, em uma avaliação, o Sérgio, um menino de 11 anos, receptor de bolsa-família e afro-descendente. Sua afirmação traduz o que escrevi na quinta-feira aqui: Valeu ver os olhinhos de gurias e guris encantados querendo saber mais
As duas fotos evocam um pouco da palestra.
Votos de uma frutuosa segunda-feira a cada uma e cada um. A minha se concluirá com uma atividade muito especial. Estarei numa Skype-aula com alunos da Licenciatura em Química da USP de Ribeirão Preto. Estabelecerei um dialogo de aprendentes com alunas e alunos da Professora Joana Andrade.

7 comentários:

  1. Ave Chassot,

    reitero minha gratidão por tua passagem no PG e por esta imensa generosidade intelectual que carregas. É um rejúbilo perene contar com tua amizade.
    Abraço muito afetuoso,
    Guy.

    ResponderExcluir
  2. Prezado Chassot!Que maravilhosa esta declaração do aluno, não? Nota-se pelo expressar uma grande sinceridade e do quanto o professor é capaz de ser um sujeito da transformação de realidades. Parabéns por mais esta jornada desenvolvida em parceria com o Professor Guy Barcellos e que possamos ser agentes de transformação sempre que as oportunidades nos forem apresentadas.
    Abraço do JB

    ResponderExcluir
  3. Esta edição extra do blog põe em evidência o entusiasmo, a sensibilidade e o saber pedagógico da dupla Attico-Guy, que servem de inspiração para todos nós que labutamos no ofício de ensinar! Se houvesse mais professores (e professoras, é claro!)como vocês, certamente a escola poderia cumprir mais plenamente sua tarefa educativa! Um abraço comovido, Gelsa.

    ResponderExcluir
  4. Lia, a Ilíria que ainda lê27 de maio de 2013 10:03

    Querido mestre!
    Um simples aperto de mão fez um dos momentos mais felizes na vida de um aluno que escutou, entusiasmado sua sabedoria científica.
    Compartilhar isso numa blogada faz repensar a impessoalidade com que muitos professores se movem em seu cotidiano.
    Que ousemos seguir seu exemplo, sábio mestre Chassot!
    Grande e carinhoso abraço: Lia, a Ilíria que ainda lê

    ResponderExcluir
  5. Limerique

    Chassot cuja alma não é pequena
    Mais que cinquentenário na arena
    As vezes também chora
    Quando em certa hora
    Descobre que faz tudo valer a pena.

    ResponderExcluir
  6. Ao mestre Chassot:Hoje quem dá a nota sou eu. Parabéns professor! aí está a grande obra de um professor acolher seu aluno dentro do seu coração você faz isso muito bem,sua presença na educação é fudamental. Um forte abraço Ley

    ResponderExcluir