TRADUÇAO / TRANSLATE / TRADUCCIÓN

sexta-feira, 18 de maio de 2012

18.- Ubi major minor cessit



Ano 6*** www.professorchassot.pro.br ***Edição 2116
Muito provavelmente alguns leitores deste blogue indagarão sobre a manchete latina que abre a edição desta sexta-feira. Pois ele foi o mote de meus fazeres de ontem. A agenda era plena: ir a UFRGS fazer prova de vida / vacina contra gripe / reunião com orientanda da URI por Skype / entrevista à mestranda da PUC que pesquisa os EDEQs / etc.
No começo da manhã recebo de meu querido amigo Edni esta mensagem: Amigos(as) do nosso pai OSCAR SCHROEDER, Amanhecemos com uma notícia não muito boa, pois, nesta noite, tivemos o falecimento do nosso pai. Bem — como podia estar nos seus 92 anos — foi surpreendido por um ataque de coração que o levou em 24 horas. Assistido pelos médicos e familiares no hospital de Cachoeira do Sul, manteve sempre a serenidade de quem compreendia o sentido da vida e da partida. Mais uma vez nos deu lições! Essa dói muito, mas relembrando lições anteriores - estamos compreendendo. Ele estará hoje (5ªfeira - 17/maio) sendo acompanhado por nós e amigos(as) na Capela em frente ao Cemitério Municipal de Cachoeira do Sul (o "Cemitério do alto"). Tendo um ato de agradecimento pelo sua vida - às 17h30min, Edni, Erni, Osni e Oséias e famílias.
Então falou mais alto a frase que se faz manchete: Onde o maior, cesse o menor. Talvez a inspiração camoniana para o verso: ‘Cesse tudo que a antiga musa canta, pois valor maior se alevanta’. Transfiro compromissos e no começo da tarde vou a Cachoeira de Sul. O ônibus parece não chegar nunca ao destino.
Chego quase 16h à capela mortuária. Reencontro-me com o seu Oscar, agora como uma vela apagada. Era muito diferente daquele homem expedito e organizado que me recebera sua casa, na quinta-feira santa de 2009, quando eu regressava com seus filhos Edni e Osni de minha melancólica viagem à ‘minha Estação Jacuí’, quando voltava, depois de 62 anos, ao local onde nascera. Na foto estou com seu Oscar, no dia 09ABR2009.
Foi bom abraçar os quatro filhos [dois dos quais meus estimados ex-alunos: Edni e Oséias], quatro noras e netos. Seu Oscar — que não só tem o mesmo nome de meu pai, como a mesma data de aniversário: 11 de julho — deixa 11 netos e 7 bisnetos. Na foto do último dia 09 de abril o ‘biso Oscar, dando de mamá para o mais novo bisneto (MATHIAS),junto com o bisneto mais velho (MIKAEL).
Surpreendeu-me o número de pessoas presentes aos rituais de despedidas, que trouxeram pelo menos duas dezenas de coroas. Foi significativo ouvir nas falas a exaltação da liderança de seu Oscar na comunidade.
O Edni, como o primogênito destacou os continuados exemplos e lições dados pelo pai aos familiares e àqueles os quais liderou enquanto empresário. O Edni fez um agradecimento muito comovido ao Osni e esposa, que por serem, enquanto os únicos que residiam em Cachoeira do Sul, a quem coubera a tarefa maior nos cuidados do pai. O Prof. Miguel Montana trouxe em nome do Metodismo o destaque aos continuados testemunho de fé d seu Oscar, quando em caravana da Federação de Homens Metodistas percorria igrejas do interior, especialmente da região de Santa Maria.
Após o sepultamento, foi bom voltar a Porto Alegre com o Edni, a Edilza e o Alemão. Bonito foi em Pantano Grande, em um restaurante, quando se juntaram a nós o Pimpo e a Luana. O assunto era um só: os memoráveis feitos de seu Oscar. Lembrei-me que ‘ele existe, pois cantamos sua história’.
Foi muito significativo fazer cessar o menor, para fazer valer o maior, como o Professor Fassina ensinou ao Edni e a mim, quando éramos alunos no ensino médio: estar com Edni e seus familiares na despedida de seu pai.

4 comentários:

  1. Caro amigo: Bela a sua homenagem ao amigo Oscar. Bela e comovente, bela e sensivel. Sem conhecer, abraço os filhos e descendentes do admirável gaúcho.

    ResponderExcluir
  2. Caro Chassot,
    Comovente e bela homenagem ao seu Oscar, Meus Pêsames e desejo que ele esteja bem onde quer que se encontre. Abraços, JAIR.

    ResponderExcluir
  3. Caro Chassot,
    o irmão Oscar Schroeder era uma expressiva liderança na Ig. Metodista de Cachoeira do Sul quanto eu era adolescente. Muitas lições aprendi com a sua forma dedicada de organização da Escola Dominical. Devo bastante ao seu testemunho e trabalho.

    Um abraço,

    Garin

    ResponderExcluir
  4. antonio jorge da costa furtado18 de maio de 2012 18:48

    Muito carinhosas as palavras do mestre Chassot em homenagem ao sr. Oscar, apesar de não conhece-lo percebi o quanto era especial e amado por todos. Mesmo com muito pezar devemos aceitar que o ser iluminado cumpriu sua missão e agora brilha junto a luz maior.

    ResponderExcluir