TRADUÇAO / TRANSLATE / TRADUCCIÓN

domingo, 24 de abril de 2011

24.- Um presente em um domingo pascoal

Porto Alegre * Ano 5 # 1725

É um lindo domingo de Páscoa. Não há como não evocar nossa infância na curtida procura do ninho – talvez uma caixa de sapato adornada com papel crepom – onde os ovos, em meio a barba de pau, eram em sua maioria da produção caseira. Cascas de ovos, coletadas durante toda a quaresma, agora recheadas com amendoim caramelado com açúcar. Havia um ovo cozido duro, que devia ser comido por primeiro. Mas não vou evocar páscoas de antanho. Seria repetitivo. Acrescentaria pouco.

Tenho um presente escondido para meus leitores. Ele está no vídeo: Tráfego Aéreo Mundial Visto do Espaço. Antes de olhá-lo atente para este comentário: O tempo deste clip é de 1min12seg. Cada segundo de filme representa 20 minutos reais. Assim, ele corresponde as 24 horas de um dia inteiro das viagens realizadas por aviões. Cada pontinho amarelo representa um voo com pelo menos 250 passageiros.

video

Caso a tela estiver muito pequena, lembre do recurso Ctrl+

Note que os voos América do Norte para a Europa partem principalmente à noite, sendo a sua volta diurna. Pela imagem que o sol imprime no globo, pode-se dizer que é verão no hemisfério norte. Isto porque ele quase não se põe no polo norte e no polo sul quase não aparece.

Agradeço o envio deste vídeo por José Carlos H Ferreira, que foi meu aluno na Universidade do Adulto Maior. Com este regalo, meus votos de um muito agradável domingo pascoal. Adito o convite para nos lermos, provavelmente, amanhã aqui.

7 comentários:

  1. Caro Chassot,

    obrigado pelo presente: é muito emocionante se a gente se dá conta da multiplicidade de vôos que cortam o espaço de nosso planeta no decurso de um dia/noite.

    Feliz Páscoa!

    Garin

    ResponderExcluir
  2. Caro Chassot,
    Realmente, me emociona muito tudo que diz respeito à aviação e afins. Acho que é a única área em que posso dizer sem modéstia: Eu ENTENDO. Tua blogada além de homenagear quem faz da aviação um meio de vida, mostra como os vôos internacionais povoam como pásssaros os céus desse planetinha azul. Parabéns pela sensibilidade e pelo "timing". Além de tudo, o globo terrestre por ser levemente achatado, lembra um ovo deitado que, aliás, é a maneira correta de representá-los, já que, como provou Colombo: ovos não se equilibram na vertical a menos que sejam levemente danificados na ponta. Abraços e boa Páscoa, JAIR.

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigado Garin,
    que bom que apreciaste a mirada do globo e os voos intercontinentais que parecem formigar.
    Obrigado pelos votos Pela Páscoas e pela parceria na blogada de ontem.
    Com admiração
    attico chassot

    ResponderExcluir
  4. Meu caro Jair,
    mesmo que nosso conhecimento seja desta quaresma, quando fiz a edição deste blogue pascoalino imaginei – e parece que acertei – que dentre meus leitores diários, que são quase uma grosa, tu te sensibilizarias.
    Com admiração
    attico chassot

    ResponderExcluir
  5. Estimado Mestre...

    Confesso que já havia passado muito tempo sem olhar teu blogue, mas esse post me chamou a atenção e vim até aqui apreciá-lo...

    Olhar a Terra dessa forma me fez pensar no quanto somos pequeninos dentro de um espaço tão grande! Muito menores do que grãos de areia diante de uma oceano? Talvez...

    Imagens assim, tão raras são um convite à reflexão!

    Espero que teu domingo tenha sido maravilhoso!
    Saudades!

    ResponderExcluir
  6. Estimado Mestre...

    Confesso que já havia passado muito tempo sem olhar teu blogue, mas esse post me chamou a atenção e vim até aqui apreciá-lo...

    Olhar a Terra dessa forma me fez pensar no quanto somos pequeninos dentro de um espaço tão grande! Muito menores do que grãos de areia diante de uma oceano? Talvez...

    Imagens assim, tão raras são um convite à reflexão!

    Espero que teu domingo tenha sido maravilhoso!
    Saudades!

    ResponderExcluir
  7. Mauriane querida,
    que bom nesse ocaso de recesso pascoalino receber de novo tua visita. Há pessoas que fazem saudades. Nosso estar juntos na Pedagogia da Unisinos foi importante. Cada vez que pessoas como tu aparecem aqui, parece-me uma visita de uma aluna ou de um aluno à casa do professor. Juntos escrevemos histórias. Fomos importantes em nossas caminhadas.
    Obrigada por tua visita que apaziguou saudades.
    O blogue continua com suas edições diárias. Pretensiosamente ele quer ser um pouco a continuação de nossas aulas, como as gostosas ‘horas da rodinha’;
    Um afago do

    attico chassot

    ResponderExcluir